sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Desmascarando Juremir Machado da silva !


De: Runildo Pinto


     Leiam com atenção e investiguem o que o jornalista Juremir Machado da Silva escreveu sobre a visita dele a Cuba! Coloca uma visão catastrófica da ilha. Visitou a casa de contrarrevolucionários e não entendeu que em Cuba as pessoas se formam para ser e não pa
ra ter, mas querem mais, porque necessitam mais, pois conquistaram o direito à vida e à dignidade. Agora, querem mais qualidade de vida. O jornalista usou de argumentos ultrapassados, não reconheceu que apenas em 2009 a ilha recuperou o PIB que tinha antes da queda da URSS, fez vista grossa para a recuperação dos prédios da Havana velha, não experimentou andar de ônibus, conviver com o povo. A passagem que aqui custa U$1 e tanto, lá custa U$0,05 de U$1. Não diz que há proporcionalidade do que se ganha, por exemplo um salário de U$20: a pessoa gasta com a prestação da moradia 10% da renda e 85% das famílias são donas de suas casas e os 15% restante pagam de aluguel 1 ou 2 dólares mensais, em forma de amortização, pois ao final do pagamento do custo de moradia se converte em proprietário dela. O povo tem saúde, educação gratuitos. Têm acesso ao pleno emprego, não há analfabetismo em Cuba. E, é comum, as pessoas irem a Cuba fazer turismo e, andam por tudo e entram em todo o lugar, vão onde bem entende e aproveitam tudo o que podem e voltam para o Brasil falando mal da ilha. O fato fundamental a se entender é a questão ideológica e isto desmascara o Juremir que põe banca de jornalista critico e imparcial. Tem gente que o leva a sério, mas, para mim ele engana muito bem!







Prestem atenção como ele postou o artigo logo após sua chegada da ilha caribenha no dia 05 novembro de 2012: 






Mais uma fonte de desmascaramento destes argumentos:

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Gaste, use, a crença no infindável serás tua morte !


Não é atoa que a indústria do petróleo compre qualquer ideia de automóvel que torne o petróleo obsoleto, que países com jazidas de energia fóssil sejam invadidos militarmente ou por diplomatas engravatados que levam consigo o poder terrível da neo colonização econômica. Eles controlam antes de tudo o que você lê no jornal, o que assiste nos telejornais e o comercial que vê no intervalo do filme. Te passam como único mundo possível um mundo de violência e de controlo de países pequenos e menos poderosos economicamente/militarmente pelos mais fortes.

Querem que vivas a barbárie como cotidiano.

     Chamam de "diplomacia" o ato de comprar governantes, e ações de trafico de influência e corrupção. Chamam de "ataque preventivo" o ato de extermínio de povos. Chamam de "sanções" a tentativa de dobrar a vontade de povos pela privação e a fome. Chamam de "condições especiais" o ato de manter prisioneiros ilegais e sob custódia de tortura e falta de cobertura dos direitos humanos básicos.

No teu cotidiano tu age como eles querem, inconscientemente, quase como extinto . . .

     Vivesse às voltas de contas e mais contas, uma vida endividada, de laços com um emprego que muitas vezes explora demasiadamente, tanto em mais-valia extrema quanto em tempo de vida. Busca o símbolo máximo da vida capitalista, o automóvel, símbolo de status social, símbolo de o quanto se "venceu na vida", compra-o e não mais precisa usar o próprio corpo para deslocar-se, vira um centauro-automotor, um ser que come e bebe não mais para nutrir-se e ter qualidade de vida, na verdade este mesmo ser confunde qualidade de vida com a adequação às novas novidades gastronômicas do mercado. Se alimenta com tantas calorias que poderia ser um atleta. Mas após verdadeiras bombas de açúcar, lipídios, gorduras saturadas e  trans saturadas, ele volta ao substituto de sua capacidade de caminhar. Vive-se mais para trocar de eletrônicos, seguindo as novidades tecnológicas mais recentes, do que para aproveitá-los. Pois o trabalho consome este tempo. A cada dia surge uma nova capacidade dos eletrodomésticos, principalmente no ramo dos computadores e TV's, novidades que se quebram não tem  mais concerto . . . saudades do mundo quando o que não durava era "chinês" ou "do Paraguai".

     Tudo se torna obsoleto com tempo determinado no capitalismo moderno, nada é feito para durar, tudo para se manter o consumo em alta, manter a substituição interminável das mercadorias, um círculo vicioso de exploração do trabalho, preços baixos, crédito interminável ( para criar mais e mais endividados), uso indiscriminado de recursos naturais, MUITO ACIMA DO QUE O PLANETA PODE REPOR  . . . e dentre estes recursos . . . a energia fóssil, que move o automóvel, que dá origem ao plástico dos eletrônicos, que polui o nosso ar, que espera a solução de seu desaparecimento após o uso em lixões por todo o mundo. QUE MUNDO QUEREMOS?

As respostas não serão encontradas neste modelo de sociedade em que vivemos  . . .

DE: Érikbomberman

Recomendado: Filme "Syriana, A indústria do petróleo" de 2006.  


                               Abaixo vídeo bastante interessante sobre o consumismo:
video



sábado, 17 de novembro de 2012

Imagem de fundo:

Os trabalhadores da empresa de telefonia Telefonica participar de uma manifestação bloqueando o tráfego e protestar contra as demissões injustificadas à sua empresa à frente de uma greve geral em Barcelona, 13 de novembro de 2012.


Mãe Dilma da carrinho de presente mas esquece da comida




E no mundo encantado Brasil, onde grande maioria do pessoal que AINDA se diz de esquerda, aplaudem a ação de nossa presidente Dilma Rousself, quando esta aprova uma prorrogação da diminuição do IPI ( Imposto sobre Produtos Industrializados ) sobre a comercialização de carros. Mas quem realmente aplaude  esta medida?
Principalmente a classe média, ávida por consumir e endividar-se cada vez mais, e ostentar seu carro novo na ruas de sua cidade e principalmente aos vizinhos, ou até mesmo para aumentar as chances de reprodução com o sexo oposto ( ou o mesmo ). O carro se tornou uma extensão do ser social, uma ligação com o mundo do consumo e do status social. Pois como bem traduz este modo de pensamento disseminado a musica de Ivete Sangalo ( Uma amiga dos ACM’s) diz: “Quer andar de carro velho amor, que venha, por que sei que andar a pé amor, é lenha”.
A desculpa que mais escutamos para tal medida é que ela dinamizaria a economia, principalmente no setor industrial, que está estagnado.
Mas como todo proletário que lê, não entendo como um incentivo à compra de carros novos vai beneficiar toda a economia, ainda mais que existe levas e mais levas de carros JÁ prontos nos pátios das montadoras e “encalhados” na espera de venda. Vejo que a única ação concreta da medida vai ser a ajuda para as grandes montadoras multinacionais de carros ( isso mesmo, MONTADORAS, somente ) que de nada vão aumentar seus empregos oferecidos, MUITO PELO CONTRÁRIO:   http://www.brasildefato.com.br/node/10132



Então que medidas realmente poderiam incentivar um crescimento frente á crise econômica internacional, e utilizando-se da mesma tática de aumento de mercado consumidor interno?
Simples, por que não diminuir à ZERO os impostos sobre os produtos da cesta básica. . . MAS . . . espere . . .


Mesmo sabedores de que o PSDB é um partido da DIREITA, que fez este movimento meramente para criar um efeito propagandístico, é lamentável que a presidente que  para muitos DESAVISADOS representa a esquerda, tenha tomado tal medida frente a algo que realmente iria beneficiar o brasileiro pobre, trabalhador e que muitas vezes tem de sustentar uma família com um salário de fome pago por uma elite  que se beneficia do consumo de produtos de alto preço aquisitivo e tecnológico ( como as intermináveis novidades tecnológicas que a classe média adora ).
Este é o Brasil, preso a um pensamento dito de esquerda, mas que repete valores históricos como o Coronelismo, o paternalismo, (neste caso MATERNALISMO) que tipifica este populismo travestido de esquerda, que na verdade segue o neoliberalismo e se veste de socialista. . .  uma miscelânea de auto definições que são mais vazias que as promessas escutadas pelo povo !  

Bomberman !

O Revolucionário Pós Moderno



                      
Com o desmoronamento do Muro de Berlin e a Queda da União Soviética, e posteriores alegações do “Fim da História”, fundamentações  baseadas em mudanças materiais no desenvolvimento do capitalismo e suas nuances filosóficas impregnadas na nova conjuntura que se apregoava ser de dominação onipresente de uma única superpotência, os Estados Unidos, como representante máximo da vitória do capitalismo sobre o comunismo, o Pós Modernismo emerge como a sintetização dos valores construídos sob os novos aspectos do capitalismo que emergia como dominante em todos aspectos da reprodução da existência humana.


Introdução do trabalho temporário, técnicas de relações humanas e equipes de trabalho, resolveram parcialmente o problema. O Capital elaborou estratégias de resolver à queda da taxa de lucro: a inflação, redução de salários e utilização de trabalho imigrante (operário-massa multinacional).
A nova divisão internacional do trabalho constitui uma manifestação do crescente concorrência internacional que caracteriza o processo de reestruturação do capitalismo. Reestruturar-se significava tornar-se competitivo. Competitividade passava a ser o motor da globalização (assim como fora no início do século XX o progresso e após a IIGM o desenvolvimento) Competitividade significava alcançar maior produtividade. Maior emprego de tecnologia. Configurava-se a Revolução Científico-Tecnológica (RCT) fundamental ao processo de globalização. (1)



É criado um impacto sobre a identidade de pertencimento a uma classe, ao processo de identificar-se  como um sujeito da coletividade, um sujeito que lê o mundo, a conjuntura à sua volta e dela extrai os significantes de pertencimento, de motivações coletivas que formarão os anseios pessoais que guiarão a luta coletiva. A Pós Modernidade como elemento  que congrega a gama de valores.
Muitos que viveram os valores progressistas da esquerda  deixam-se  levar por esta nova concepção de mundo, abandonam os valores marxistas e Materialistas em prol de uma interpretação Idealista de mundo, quando não Mística.
Para muitos o materialismo torna-se uma mera visão enrugada por velhice e inabilidade de “dar as ferramentas de leitura de mundo”. Ora, se o mundo vive sob o capitalismo e sob um novo formato de apresentação das forças produtivas, mas ainda dentro dos ditames de desenvolvimento ( esperado) do capitalismo, por que o Materialismo, (  ferramenta mais avançada de compreensão histórica do modo de produção capitalista ) deixaria de ter o seu valor histórico e filosófico?


A conjuntura de derrota das forças progressistas favoreceu a todo tipo modismo teórico e fetiche ideológico. Sob diversos pretextos, certas forças políticas, inclusive alguns companheiros de esquerda, começaram a questionar a centralidade do trabalho na vida social, o papel dos partidos políticos como vanguarda dos processos de transformações sociais e políticas, a atualidade da luta de classes como instrumento de mudança da história e o próprio socialismo-comunismo como processo que leva à emancipação humana. (2)


Nasce assim o “Revolucionário Pós Moderno”, um misto de adequações ao mundo POP, defesa do apartidarismo, e de uma social democracia cada dia mais parecida com o neoliberalismo. Tem toda a gama de conhecimento dos pensadores marxistas como boas fontes, mas que já não corresponderiam ao nosso tempo, que são relíquias da Guerra Fria a serem lidas e de onde poderiam ser extraídos alguns bons ensinamentos.




Fontes: (1)http://www.historialivre.com/contemporanea/global1.htm  


(2)http://pcb.org.br/fdr/index.php?option=com_content&view=article&id=25:os-movimentos-sociais-e-os-processos-revolucionarios-na-america-latina-uma-critica-aos-pos-modernistas&catid=3:temas-em-debate

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A Maldição da Traição: Petistas oportunistas, “esquerdistas” de classe média, e os próprios negros do PT, querem destruir Joaquim Barbosa.


É  inadimissivel que o governo nomeie ministros que depois condenem membros do partido”
Senador PT-Acre Jorge Viana



Pensaram realizar um crime perfeito... Porém esqueceram “...mas crime perfeito não deixa suspeitos.”

Discordo de quem quer condenar Joaquim Barbosa, a servo por gratidão eterna, capacho do governo. Em 2004 quando começaram os primeiros boatos de compra de ingressos de um grande show, pelo Banco do Brasil, para aquisição de uma mega sede nacional para o PT, já se sabia quem era o responsável pela estratégia, e que ia dar merda.

Em seguida, um direitista notório, foi filmado com a boca na butija, recebendo propina nos Correios. O individuo era assessor do Zé Dirceu. O que o chefe da Casa civil estaria fazendo acompanhado daquele tipo de gente? Mas antes, ele já havia defendido ardorosamente a coalizão com Zé Sarney, Quercia e outras figuras eminentemente asquerosas e corruptas da congresso.

Então pintou o MENSALÃO. Pensei: Foi pro saco...está tudo perdido!!! Porém a medida vacilante de Lula, a providencial exclusão do governo, de algumas figuras, abafou uma catástrofe, possibilitando a reeleição. O governo, antes “em disputa”, segundo setores e alinhados esperançosos, o partido, já não seria o mesmo, tinha se contaminado todo e estava refém.  Preço da governabilidade, cobrando pelo PMDB. Dai aos escândalos,  demissões sucessivas, do PP de Maluf, PR, PTB de Collor, PRB do Bispo Macedo, até hoje, com a entrada do novo/velho PSD (ex-DEM) de Kassab e Kátia Abreu, e outras figuras detestáveis, direitistas e corruptas.

Não havia quem não soubesse que era o Zé quem comandava. Ninguém fazia segredo também, da sua "sede ao pote".Preparava com maestria, a própria eleição em sucessão ao Lula, reeleito.

Tudo começou em 1991, quando começou o expurgo de toda a esquerda do PT, alegando impossibilidade de convivência, abrindo assim, caminho até a edição da Carta aos Brasileiros. Os oportunistas celebraram. Um governo pra todos! Cumprimento dos contratos!  Em 2002, estupraram 20 anos de construção e debates de princípios e programa, contra a corrupção, à direita, pela ética na política, e por Um governo dos trabalhadores! 

Agora, nas eleições de 2002, o PT se propõe igualzinho aos outros. A partir de 2004,  cessam as esperanças, a partir dai é pragmatismo puro, incorporam-se as oligarquias parlamentares, corruptos e fascistas de todo norte e nordeste, além do antes desafeto Maluf e seu PP.

Fazem-no acreditando em crime perfeito....Alegando que "Não foi pra enriquecimento pessoal!" Que diferença faz? Era crime. Trocavam a confiança do povo, que os elegeu, por uma aliança com as oligarquias corruptas, que tinha como método: A compra e venda de votos, inflacionando os custos das campanhas eleitorais, impossibilitando a eleição de candidatos populares. Desde então, institucionalizou-se, todos deveriam se vender, se pretendesse eleger-se. 

De quem foi a ilustre ideia?  Quem tinha um grande projeto de governo, pra usar desse expediente, competir com os iguais e "amigos", enfrentar e inviabilizar os "inimigos", as esquerdas.

Muita grana rolou....Muita gente enriqueceu... Aprenderam, assim como os corruptos do PSDB, DEM, e Cia? Quem comandava o vapor, quem!? Políticos de alto coturno do PT, abriram empresas de consultoria. De que atividade ninguém sabe, mas, o ex-prefeito de Ribeirão Preto, fez melhor (do que o Cristo bíblico simbolicamente na multiplicando dos pães e do vinho), mega-aplicando seus milhares e colhendo milhões de reais, em pouco mais de 02 anos.

Destruíram um projeto popular, unindo-se à decadente e egoísta burguesia nacional, dando-lhe fôlego e muita grana. Compuseram-se com os antes inimigos, acreditando ser a melhor tática. Utilizaram-se dos métodos dos “agora amigos”, “afinal se todos fizeram, e nunca deu errado nem jamais daria nada!” Engendraram um plano estratégico, em cima de um crime perfeito que não existe quando alguém investiga seriamente.

Alegam não existir provas documentais e testemunhais. E precisa? Alguém já viu mafioso subalterno, fazer algo que não seja a mando? Alcaguetagem de superiores? Este tipo de gente pensa bolar o crime perfeito e não deixar vestígios visíveis, mas, sempre ficam evidencias... A casa caiu... 

Por que se cercaram daqueles tipos, porque não demitiram os corruptos imediatamente? As evidências e os rastros estão lá. O curioso é que nenhum deles cobra provas quando a policia alega auto-de-resistência nos assassinatos de milhares de pretinhos!?  Porque?

Quando em 1982, denunciei e provei com documentos, que um candidato, depois vereador do PT de Campinas locupletava-se pessoalmente dos recursos do nosso sindicato, Dirceu em resposta, em 1986, bloqueou a minha candidatura a Dep. Estadual, por medo de que elegêssemos 02 negros (eu e o Miltão a Dep. Constituinte), de minha proximidade às esquerdas Trotskistas, ou por provar documentalmente, que um prócer seu, em evidencia, acabava de trair as esquerdas e se juntar aos métodos, que  Zé, certamente já defendia?!

O fato é que liberado para a campanha à 20 dias da eleição, passei todo o tempo explicando o motivo da candidatura embargada. O PT jamais foi o mesmo, para as esquerdas e para os negros. Depositamos, como opositores a ditadura, toda esperança na consigna: Por um governo de Trabalhadores. 

Minha avó dizia que “se afoga, quem vai com muita sede ao pote!” A pretensão de sucessão, de Zé ao Lula, malogrou com suas manobras. Quem tem pressa, come cru diz um outro ditado. Não existe crime perfeito! À Lula, sucedeu um(a) poste!

O Procurador Gurgel, indicado pelo ex-presidente, tem a tarefa constitucional receber, e encaminhar os processos para o STF. Aos presidentes deste, compete receber e distribuir entre seus pares, os processos para serem arrolados (não sei quem era o presidente quando chegou o mensalão do PSDB, nem do PT), mas, um mandou proceder outro não. 

Dos 11 membros daquela corte, 08 foram indicados por Lula e Dilma. A maioria deles tem votado pela condenação do núcleo político do mensalão (que é o que interessa). Eles são legítimos, estão certos ou errados!? Porque só o Joaquim Barbosa é perseguido? Espanta-nos mas até entenderia isso, partindo dos petistas,   e acumpliciados lacaios e vendidos por um cargo à soldo, das classes médias oportunistas e racistas, que ascenderam socialmente beneficiados pelo governo. Mas de militantes de “esquerda” e do movimento negro?

O procurador Geral, não é cobrado com o mesmo ódio pelos petistas. Nem os demais juízes, mesmo os notórios alinhados ao latifúndio e ao PSDB/DEM. Só Joaquim Barbosa deve ser repudiado pelo cumprimento de sua função constitucional? Querem-no subserviente e eternamente grato pela nomeação? 

A mesma constituição que estabelece as condições e quem nomeia, determina as funções do indicado e a independência dos juízes e dos poderes. Os brancos podem ser independentes, mas JB não! Porque não?  Por isso deve compactuar com os erros do governo Lula/Dilma?

Se a mídia capitalista, por oportunismo colou em JB, aproveitando-se para atacar o PT, o problema é do PT e da mídia. Se a direita perversa e fascista, faz o mesmo, o problema é dela e do Zé dirceu. A responsabilidade é de quem fez merda, não de JB. Exigir que não cumpra com suas funções constitucionais, com o argumento de que não deveria fazer isso com o PT de Lula, que o nomeou e por que a direita pegou carona, é fechar os olhos aos princípios e ao programa transfigurado do partido. 

Duvido que alguém concorde que J. Ma. Marin faça o mesmo com Mano Menezes, na seleção.

Transformaram em paternalismo, a marca, como em outros partidos elitistas: O povo, de cidadão em mero eleitor manobrado em sua vontade, sem direito a ser votado, ao bel prazer dos interesses das classes dirigentes sem escrúpulos. Uma estratégia de conquista, manutenção e alternância do poder, nas mãos de poucos e dos mesmos.

Certas pessoas a quem respeito, me decepcionam quando jogam água no moinho inimigo. Não sou de acreditar na justiça burguesa, entretanto, pela primeira vez, vejo alguém fazendo a coisa certa. Se tivesse oportunidade, eu faria o mesmo...

Tenho visto traição dos “nossos”, por muita gente cooptada, que presta desserviço a causa negra e a luta contra o racismo, por um punhado de dinheiros. Seria capaz de citá-los nominalmente, às dezenas. Não creio ser esse o caso de alguns dos críticos do JB, pelos quais nutro amizade e admiração. Aos vendidos nutro o desprezo. Mas é a primeira vez que, por equivoco ou vaidade, os vejo (a quem considero) fazendo concessão, pra satisfação de alguns pseudos intelectuais “esquerdistas”. Assim encaro agora, as confusões “democratistas” que se fazem contra este homem negro.
Ao contrario do que exigem dos demais ministros, a expectativa da classe média racistas e dos negros petistas, em maioria, é que esse juiz (que já foi bom, ao menos para os negros, quando nomeado), abandone a sua dignidade, traia a sua consciência e a função constitucional, transformando-se, em servo voluntário e lacaio do sistema, de modo a inocentar o manipulador e  corruptor Zé dirceu!
Não exigem isso dos outros, pois nenhum outro pertence a um povo, que deva ser perseguido e inferiorizado, de modo a reafirmar a superioridade da sociedade branca e racista. Acusam-nos de povo incompetente, e lacaio de qualquer pai branco, depreciado até pelas línguas negras de aluguel. Fazem isso a 500 anos!

Que maldição é essa?!  É traição ao povo negro, que luta por afirmação, autonomia e reparação! Mal posso acreditar que negros altivos, inteligentes, comprometidos e determinados, se unam a esse coro, de fascistas e capitães do mato. 

Há algo errado nessa lógica, que alguns negros idealistas, não entendem: O repudio de um, é a desmoralização de todos por algum tempo! Mas a desqualificação de um negro potencialmente correto e competente é a condenação e a segregação de todos por muito tempo.  É o triunfo do racismo para sempre!

Quando esses processos políticos são contra os “amigos”, e os interesses deles, a exemplo do que conclui Jorge Viana, senador pelo Acre – É inadmissível que o governo nomeie ministros que depois condenem membros do partido”  é  uma lógica, que exige a submissão completa, na reação vale tudo, Maquiavel, Goebels, Stalin, qualquer método, para salvar o status quo! Não importando se a aliança é com racistas, que ignoram o genocídio da juventude negra, com empresários do agro – negocio, latifundiários ruralistas, que expulsam e matam quilombolas e indígenas. Se com quem remove e queima favelado, reprime e atiram contra grevistas. O cumulo do pragmatismo adesista, perdoa e privilegia os RACISTAS!? E condenam o SEMELHANTE CORRETO!
 
É medo da concorrência de JOAQUIM BARBOSA, ao vosso projeto de dominação e poder, na PRESIDENCIA?
Que se lixem, todos!!!!!!!!!  Reginaldo Bispo – Fração Publica MNU de Lutas Autônomo e Independente.